Rio Irajá vai ganhar unidade de tratamento de resíduos

Uma importante etapa do processo de despoluição da Baía de Guanabara está em andamento. A Secretaria do Ambiente anunciou a construção de uma Unidade de Tratamento de Rio (UTR) até o fim deste mês. O foco da iniciativa será o Rio Irajá, um dos cursos d’água que desemboca na Baía, contribuindo para elevar os níveis de poluição.

Unidade de Tratamento de Rio
Unidade de Tratamento do Rio Irajá

Com o objetivo de remover mais de 90% da matéria orgânica localizada na foz do rio que nasce no Morro do  Juramento e passa pelos bairros de Vaz Lobo, Irajá, Brás de Pina, Vila da Penha e Cordovil, a UTR será concluída em abril de 2013.

– Só o Rio Irajá é responsável por 12% da poluição da Baía de Guanabara. A UTR vai ajudar a retirar a carga de detritos orgânicos de sua foz. O interessante é que a UTR é uma tecnologia móvel. Após o Rio Irajá, poderemos transferi-la para outro curso d’água – disse o secretário do Ambiente, Carlos Minc.

A UTR do Rio Irajá usará a mesma tecnologia da Unidadede Tratamento do Rio Arroio Fundo, construída pela prefeitura em Jacarepaguá, nos fundos da Vila do Pan, por ocasião dos Jogos Pan-americanos de 2007. Com orçamento de R$ 40 milhões, as obras da UTR do Rio Irajá serão custeadas com recursos oriundos de Termo de Ajustamento de Conduta assinado com a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc) como compensação para os danos ambientais.

Fonte.

Administrador

Este site é um blog que reúne notícias úteis e importantes sobre toda região do bairro Vila da Penha localizado no subúrbio da cidade do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *