Vinte e seis aves são apreendidas

Waldeir Alves de Oliveira, 53 anos, e Gilberto de Oliveira Melo, 69 anos, foram presos ontem, segunda, por policiais da Delegacia de Proteção ao MeioAmbiente (DPMA). As prisões aconteceram em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e na Vila da Penha, Zona Norte, respectivamente.

Segundo os agentes, na casa de Waldeir foram apreendidas 15 aves da fauna brasileira e, na residênciade Gilberto, que é fuzileiro naval, foram encontrados oito papagaios, duas maritacas e uma arara azul.

Os dois foram conduzidos à sede da especializada, onde assinaram um termo de compromisso de comparecerem juízo, e liberados. Ambos alegaram que gostam dos pássaros e os criavam por paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *