Preso suspeito de assalto

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio do Promotor de Justiça Alexandre Themístocles de Vasconcelos, Titular da 6ª Promotoria de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos, denunciou à Justiça um homem acusado de assaltar consultório dental, na Vila da Penha. Mauro Agenor de Oliveira, que foi preso na última quarta-feira (24/08), já havia cometido diversos assaltos e estupros.

De acordo com a Denúncia, Agenor invadiu uma clínica odontológica, em 14 de março de 2011, na Vila da Penha e, mediante violência e ameaça de morte, roubou dinheiro, jóias, cartões bancários e telefones celulares de uma funcionária. Além dos pertences da vítima, o criminoso também roubou dinheiro e dois aparelhos de telefone do consultório.

Segundo inquérito policial, “o denunciado chegou ao local do crime ocultando sua intenção hostil e, percebendo que a vítima estava sozinha, apoderou-se de uma tesoura que estava sobre a mesa da recepção e iniciou a execução do crime.” Ainda de acordo com os autos, para facilitar sua fuga, Agenor amordaçou e amarrou as mãos da vítima.

Agenor foi preso em flagrante, no dia 24/08, quando a secretária de um escritório de advocacia em Campo Grande reagiu ao ataque. Armado com uma faca, ele tentou render a atendente. Gritando, ela pediu socorro aos vizinhos do escritório, que imobilizaram o criminoso e chamaram a polícia. Ele foi levado para a delegacia, onde foi autuado por assalto a mão armada e estupro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *