Governador eleito diz que acabará com a vistoria do Detran no RJ

Wilson Witzel, governador eleito do RJ, em entrevista à Rede Record, garantiu que acabará com as vistorias de veículo realizadas pelo Detran. O objetivo é destinar o valor gasto com a estrutura de cerca de R$ 200 milhões ao ano, para a área da segurança pública. O governador eleito também defendeu a criação do “Disque Corrupção”.

É um compromisso realmente a extinção das vistorias porque nós acreditamos que a vistoria é um retrato de uma realidade muito transitória. Precisa ter adequação no trânsito para que as pessoas possam fazer manutenção dos seus veículos, ter a conscientização de que seu veículo é uma máquina poluente. Se não cuidar para que ela não estrague o ambiente, você vai estar se estragando. É preciso ter mais educação no trânsito, mas o custo disso é bem menor que ter uma estrutura que custa mais de R$ 200 milhões e atrapalha a vida das pessoas. Ainda tem reclamação de corrupção envolvendo isso aí. O fim da vistoria é um compromisso. Vamos redirecionar esse dinheiro para a segurança pública – disse.

Na área da segurança, Witzel disse que vai criar o “Disque Corrupção”.

Na questão das blitzes (da Polícia Militar), vamos ter uma corregedoria em que vamos criar inclusive o Disque Corrupção para que anonimamente você informe quem, onde e quando sofreu algum tipo de lesão em razão da corrupção. Vamos agir com rigor – disse.

Já sobre o Arco Metropolitano, o governador eleito defendeu a privatização para a conclusão rápida das obras.

Estou aguardando ansiosamente um encontro com nosso presidente Jair Bolsonaro. O Arco Metropolitano foi devolvido à União. Minha ideia era fazer uma parceria com a União e já fazermos uma concessão para terminar o Arco Metropolitano. Acho que tem que ser pedagiado. É melhor pagar um pedágio num modelo em que a concessão seja num prazo longo do que ter aquilo totalmente paralisado. Uma via importante de escoamento da produção hoje sendo depredada, postes sendo furtados. O entorno não está sendo ocupado, tem boas áreas para serem ocupadas. Essa é uma preocupação muito grande, um assunto que quero levar ao presidente para que a gente consiga fazer já o projeto de urbanismo, ocupação industrial, residencial. Pode ser de vilas militares ali naquela região, para ter habitação para nossos policiais militares, civis etc. Uma carência muito grande de moradia para a população em geral. Ali também pode ser para baixa renda – disse o governador.

Administrador

Este site é um blog que reúne notícias úteis e importantes sobre toda região do bairro Vila da Penha localizado no subúrbio da cidade do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *