Segurança na internet

Para auxiliá-lo a desenvolver hábitos seguros na Internet, a Carioca Internet apresenta neste excelente artigo diversas dicas e conselhos para que a sua experiência com a internet não seja frustante.

Guardadas as devidas diferenças, a Internet é semelhante ao mundo físico. Nela você irá encontrar pessoas boas e parceiras, mas também pessoas perigosas e mal intencionadas. Nesse mundo virtual, seu computador é como se fosse a sua casa. Da mesma forma que você a protege com muros, grades, cadeados e alarmes, deve proteger também o seu computador com as melhores soluções tecnológicas de segurança.

Antivírus

Para tornar o seu computador seguro, você conta hoje com uma diversidade de programas, tais como: Firewall, Antivírus, anti-spyware, anti-spybot, etc. Mas cuidado: muita gente pensa que basta instalar um antivírus para o seu computador estar protegido, mas não é bem assim. É necessário atualizá-lo regularmente, do contrário, o antivírus não saberá da existência de novos vírus. Praticamente todos os antivírus disponíveis permitem configurar uma atualização automática.

As últimas versões dos principais antivírus já trazem embutidos recursos de um anti-spyware, que também verifica a presença de programas maliciosos em seu computador.

Atualização dos programas

O navegador da internet (Browser) é a sua porta de entrada para a internet, por isso, ele é o principal alvo dos piratas virtuais. É importante que você o mantenha sempre atualizado, pois, as atualizações trazem correções de falhas de segurança. Por isso, você deve utilizar sempre a última versão disponível.

Não se esqueça de manter o sistema operacional do seu computador sempre atualizado, não importando qual o seja. Quando uma falha de segurança é descoberta nele, uma série de pragas digitais são desenvolvidas para explorá-la. Falhas de segurança existem em qualquer sistema operacional, por isso, é importante aplicar as atualizações disponibilizadas pelo desenvolvedor.

Também é importante manter os demais programas atualizados (exemplo: planilha eletrônica, editor de textos, programas de apresentação e clientes de correio eletrônico). As novas versões dos aplicativos não apenas adicionam recursos, mas também correções para falhas de segurança. Hoje muitos aplicativos contam com o recurso de verificar automaticamente se há novas versões disponíveis, é um bom hábito deixar esse recurso ativado.

Porém, além de programas defensivos, o seu comportamento no uso da Internet é fundamental para minimizar os seus riscos, principalmente em relação às fraudes bancárias, perda de dados e invasão de privacidade.

Provavelmente, na sua casa, você possui o hábito de não deixar as chaves em qualquer lugar, trancar sempre as portas e janelas e não abrir a porta para estranhos. Com o seu computador, não deve ser diferente. Habitue-se também às medidas de segurança na Internet.

Para auxiliá-lo a desenvolver hábitos seguros na Internet, a Carioca Internet apresenta a seguir diversas dicas e conselhos.

E-mails

Os criminosos virtuais contam com sua curiosidade para infectar seu computador ou fazer você informar seus dados em sites falsos. Para isso, enviam mensagens de conteúdo apelativo, como promoções, desastres, fofocas, dívidas, cartões virtuais, audiências judiciais e, até mesmo, se passando por seu banco. Em caso de dúvida da origem do e-mail, contate o remetente ou apague-o sem abri-lo!

Você se lembra de alguma vez ter recebido um e-mail do seu banco solicitando seus dados pessoais e bancários? Provavelmente nunca! Isso porque nenhum banco utiliza essa prática. Portanto nunca responda a e-mails que solicitem seus dados bancários tais como usuário, número de conta, agência, senha internet, assinatura eletrônica ou quaisquer outros dados pessoais. Se você receber alguma mensagem assim e ficar na dúvida, antes de abri-la, contate seu banco.

Não abra e-mail de origem ignorada e desconfie de mensagens que mesmo vindo de pessoas ou empresas conhecidas, contenham anexos ou links. Caso você necessite abrir algum arquivo anexo a um e-mail, tenha sempre o hábito de passar o antivírus no arquivo antes de abri-lo. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo e escolha a opção de varredura do arquivo com o antivírus.

Redes Sociais

Participar de redes sociais como o Orkut, MSN e Twitter, é muito legal, mas é preciso lembrar que os criminosos também estão lá. Portanto, todo cuidado é pouco!

Uma coisa que os piratas virtuais costumam fazer em comunidades virtuais é a clonagem de perfil, fazendo-se passar por um amigo seu. Se você perceber que algum amigo seu te enviou uma mensagem sobre a mudança do seu perfil, entre em contato com ele e o avise, pois ele pode ter tido seu perfil clonado e nem saber disso.

Desconfie de recados que tragam links, pois podem direcioná-lo para sites falsos onde você será induzido a instalar programas maliciosos em seu computador, na dúvida, entre em contato direto com a pessoal que lhe enviou para saber se o recado é legítimo.

Evite deixar disponível para qualquer um detalhes de onde você estuda, trabalha e, principalmente, onde você mora. Evite também disponibilizar dados ou fotos que forneçam qualquer detalhe relevante sobre você, por exemplo, fotos em que aparecem seus familiares, a fachada da sua casa ou a placa do seu carro.

Nunca divulgue seu número de telefone por esses meios, tampouco informe o local em que você estará nas próximas horas ou um lugar que você freqüenta regularmente.

No Orkut, por exemplo, você pode configurar para que esses dados só sejam visíveis para os seus amigos cadastrados no seu perfil. Caso esses dados estejam disponibilizados para serem vistos por todos, pessoas mal-intencionadas podem utilizá-los para te localizarem ou usá-los para cometerem crimes como se fosse você.

Chat (Bate Papo)

É comum encontrar vírus que exploram serviços de mensagens instantâneas (chat), tais como o Windows Live Messenger (antigo MSN Messenger), AOL Instant Messenger (AIM), Yahoo! Messenger, IRC, entre outros.

Essas pragas são capazes de, durante uma conversa com um contato, emitir mensagens automáticas que contém links para vírus ou outros programas maliciosos. Nessa situação, é natural que a parte que recebeu a mensagem pense que seu contato é que a enviou e clica no link com a maior boa vontade.

Mesmo durante uma conversa, se receber um link que não estava esperando, pergunte ao contato se, de fato, ele o enviou. Se ele negar, não clique no link e avise-o de que seu computador pode estar com um vírus.

Outras Dicas

Fazer compras pela internet é uma grande comodidade, mas só o faça em sites de venda reconhecidos, que exista por trás dele uma grande empresa reconhecida no mercado. Caso esteja interessado em um produto vendido em um site desconhecido, faça uma pesquisa na internet para descobrir se existem reclamações contra a empresa. Um bom serviço para isso é o site Reclame Aqui.

Ao acessar sua conta bancária através da internet, também tenha cuidado. Evite fazer isso em computadores públicos e usados por muitas pessoas onde não se tem como controlar a sua segurança. Verifique sempre se o endereço do link é mesmo o do serviço bancário e siga todas as normas de segurança recomendadas pelo banco.

Muitos sites exigem que você faça um cadastro para usufruir de seus serviços, mas isso pode ser uma cilada. Por exemplo, se um site pede o número do seu cartão de crédito sem ao menos ser uma página de vendas, as chances de ser um golpe são grandes. Além disso, suas informações podem ser entregues a empresas que vendem assinaturas de revistas ou produtos por telefone. Ainda, seu e-mail pode ser inserido em listas de Spams.

Por isso, antes de se cadastrar em sites, faça uma pesquisa na internet para verificar se aquele endereço tem registro de alguma atividade ilegal. Avalie também se você tem mesmo necessidade de usar os serviços oferecidos pelo site.

Muitos sites de conteúdo duvidoso contêm em suas páginas scripts capazes de explorar falhas do navegador de internet, principalmente do Internet Explorer. Por isso, evite navegar em sites pornográficos, de conteúdo hacker ou que tenham qualquer conteúdo duvidoso.

Considerações finais

Se proteger no mundo virtual pode parecer um pouco trabalhoso, mas na verdade não é. Como falamos no início do artigo, ele se assemelha ao mundo real, portanto basta você seguir os conselhos deste artigo que você não vai deixar a “porta da sua casa” aberta para os invasores. Assim como na vida real a proteção feita diariamente se torna parte da rotina, ou você deixa de fechar a porta da sua casa quando sai?

Este artigo foi um oferecimento da Carioca Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *